Check list: como fazer conexão com seu filho também no mundo virtual

Na luta por obter mais atenção e interagir mais com seus filhos, muitos pais vêm cometendo alguns erros cruciais. O mais comum é proibir que a criança ou adolescente use qualquer tipo de tecnologia. A proibição tem um efeito reverso e faz com que o uso de smartphones, videogames ou tablets seja exatamente a primeira coisa que seu filho desejará fazer quando estiver sozinho.

Então, diante de um cenário dominado por aplicativos, jogos e outras distrações virtuais, qual seria a forma mais eficaz de os pais estabelecerem uma conexão profunda e verdadeira com seus filhos?

Em tempos em que todos estão ultra conectados, inclusive os mais jovens, a solução não passa pelos pais proibirem o acesso à tecnologia. No lugar de suspender o uso, entre no mundo virtual do seu filho e faça parte dele.

Neste texto, fizemos um check-list para ajudá-lo a criar ou reforçar a conexão com seu filho no mundo virtual:

1 – Aceite a realidade digital

Não adianta tentar negar a existência dessa nova dimensão da realidade, trazida pelos recursos tecnológicos. Os tempos mudaram e o mundo não voltará a ser analógico, como era quando você era criança. Aprenda a lidar com a tecnologia e use ela a seu favor.

2 – Jogue videogame e assista Youtube

Não basta evitar o castigo digital. É necessário também compartilhar o momento em que seu filho estiver online para descobrir como funciona o universo dele. Em vez de dizer “não jogue”, pergunte se você pode jogar também e peça que explique as regras. Ouça a explicação e demonstre interesse.

Sabe aquele canal do Youtube pelo qual seu filho é apaixonado? Comece a assistir os vídeos junto com ele! Discuta sobre o roteiro, o formato e questione o que agradou a criança. Se seu filho gosta de aplicativos de fotografia, por exemplo, troque ideias com ele sobre os filtros que ele escolheu.

Essa é uma forma indireta de expressar o seu amor e dizer ao seu filho “eu quero entender porque isso é tão divertido para você”.

3 – Planeje o dia a dia

Permitir o uso de tecnologia não significa que você dará liberdade total para a criança fazer tudo o que quiser. Ela terá de cumprir suas obrigações e respeitar as restrições de horário para ter acesso a dispositivos tecnológicos.

Estabeleça, na rotina da família, momentos com zero presença de eletrônicos, em que os aparelhos de celular devem ser silenciados, para que a criança possa interagir.

Para ajudar com a conexão, faça um planejamento das suas atividades e as do seu filho durante a semana. Mostre a ele o que é prioridade e aponte os momentos que serão preenchidos com escola, sono, atividades esportivas, refeições e um período de presença física e emocional, com a família. O tempo restante ele poderá usar para acessar a internet.

 

4- Use jogos que aliam o mundo real ao virtual

Já pensou em experimentar com seus filhos jogos que unem brincadeiras da sua época de infância, como quebra-cabeças e jogos da memória, às tecnologias emergentes? A Kriativar tem uma linha de Smart Toys com Realidade Aumentada e Storytelling, que ajudam a reconectar pais e filhos, professores e alunos, escolas e famílias. São experiências incríveis para se viver em família ou na escola. 

Essa é uma lista inicial de atitudes importantes para os pais terem mais sucesso ao se conectar com seus filhos no mundo virtual. Quer saber mais sobre o assunto? Confira mais textos no nosso blog.

Facebook Comments

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar